!
Nosso site está em sua versão beta, em poucos dias poderá usufruir dele 100% completo! Fique Ligado!!!

25. VIGÉSIMO QUINTO CAPÍTULO

ÚLTIMO CAPÍTULO


SOBRE O CAPÍTULO

Kadu tira a máscara e abre o jogo para Hilda. Como ela vai reagir? Qual o destino de Horácio? O que será do futuro de Kadu e Josefa? Hilda e Gaspar ainda tem alguma chance? E ainda: A felicidade de Lalá e Pietro. E o amor batendo na porta de Ulisses. Se ligue agora nas surpresas e emoções do ÚLTIMO CAPÍTULO dessa estória emocionante!

MEGAPRO                                                                    2018

REIS DA ARENA

CAPÍTULO 25

(Último Capítulo)

WEB NOVELA DE: Lucas Oliveira

ESCRITA POR: Lucas Oliveira

 

 

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO:

 

HILDA
GASPAR
KADU
JOSEFA
EMILIS
MARIELA
FAUSTO
NEON
HORÁCIO
BARTOLO
DARCY
LALÁ
PIETRO
IGOR
RAFAELA
ALANA
YURI
LETÍCIA
ZANDER
GEORGE
DJAVAN
VERIDIANA
ULISSES
ZETINHA

Participações Especiais:

VITAL MANGALÔ
TETÊ RAMEIRA
PIA PEIXOTO

 

CENA 01. HOTEL COPACABANA PALACE. RECEPÇÃO. INT. DIA.

Continuação imediata do capítulo anterior. Gaspar em frente ao balcão.

RECEPCIONISTA: E o senhor vai embora?

GASPAR: Eu vou! O Hotel é maravilhoso, o motivo não é esse.

RECEPCIONISTA: Eu compreendo.

GASPAR: Por favor, avise ao Fausto Araújo, tá?

RECEPCIONISTA: E porque o senhor mesmo não avisa, já que você e o Neon Barreto vieram juntos com ele?

GASPAR: É que eu...

Hilda passa rapidamente por Gaspar. Os dois se olham. Ela desvia o olhar rapidamente e segue. Gaspar a intercepta.

GASPAR: (Segurando-a pelo braço) Hilda!

Os dois se encaram fixamente.

GASPAR: Tá fugindo de mim?

HILDA: Porque eu iria fugir de você, Gaspar? Eu apenas estou indo pra piscina, tomar um ar, me refrescar. 

GASPAR: Ah, sei lá. Você passou por mim tão rápido, nem olhou pra trás.

HILDA: É que eu tô com pressa.

GASPAR: Você veio tentar a sorte como modelo no Rio?

HILDA: Não. A sorte que bateu na minha porta. O Djavan Fernandes é amigo do Bartolo e quando chegou lá em Touro Bravo me convenceu a aceitar a proposta dele.

GASPAR: E você veio junto com ele?

HILDA: Nós estamos juntos. O Djavan e eu estamos namorando.

Reação de Gaspar.

HILDA: E você, como tá sua vida e carreira no exterior?

GASPAR: Vai muito bem também. Quero muito ir à Touro Bravo ver o meu irmão, Zander. Tô numa saudade imensa.

HILDA: E eu do meu pai e da Zetinha.

GASPAR: Também tô com muita saudade da Kate. Mas ela não pôde vir porque tinha um rodeio marcado lá nos EUA.

HILDA: Kate?

GASPAR: É. Ela é minha namorada. Também peoa, participa de rodeios e não tem medo de touro nenhum.

HILDA: Ah, legal. Eu imagino que deve ser uma mulher bem rústica, bruta, né?

GASPAR: Bruta não, mal domada! (Riso) Essa frase é muito comum no meio dos rodeios. Mas a verdade é que a Kate é linda e me faz muito feliz. A gente se completa!

O elevador se abre. Kadu sai de dentro dele. Todos se entreolham. Em Hilda, visivelmente desconfortável. CORTA PARA/

 

CENA 02. HOTEL COPACABANA PALACE. QUARTO 505. INT. DIA.

Josefa andando de um lado para o outro, visivelmente agoniada. Ela olha pela janela, fecha e depois deita-se na cama. CORTA PARA/

 

CENA 03. HOTEL COPACABANA PALACE. RECEPÇÃO. INT. DIA.

Kadu aproxima-se de Hilda e Gaspar.

KADU: Olha só o que eu vejo aqui; O antigo casal, juntos novamente. Será que eu entrei em alguma máquina do tempo?

GASPAR: Licença, Hilda. Mas eu me recuso a trocar até mesmo meia palavra com esse cara. Foi bom falar com você. Até!

HILDA: Até, Gaspar!

Gaspar sai.

KADU: Já soube que você desfilou ontem, Hilda. Uma pena eu não ter descido pra assistir. É que eu tava com muito sono e é claro, meu sono é mais importante. Mas eu desejo muito fracasso pra você, Hilda. Muitas perdas, muitas derrotas, muitas tristezas.

HILDA: Que isso, Kadu?! Porque cê tá falando assim? Sempre fomos tão amigos, tão parceiros.

KADU: Amigos? (Riso irônico) Só na sua cabeça de camarão mesmo, Hilda. Francamente! Eu tinha vontade de ficar com você de novo, de ir pra cama com você de novo, até quem sabe me casar com você. Mas o meu interesse maior era a grana do seu pai, que agora nem é mais muita coisa.

HILDA: (Incrédula) Eu não tô acreditando nisso. Não, não, não. Como você pôde ter sido tão falso esse tempo todo? Como?

KADU: Pode acreditar, minha cara. E aproveita que sua carreira de modelo ainda não deslanchou e vai ver teu pai. Uma hora dessas, se ele fez o que falou, já deve tá na cadeia. Vai lá, minha querida. Cê vai descobrir que o seu herói é mais sujo que pau de galinheiro. Toma vergonha nessa sua cara, Hilda! Onde já se viu uma filha abandonar o pai desse jeito?! (T) Mas é bom que esse seu mundo cor-de-rosa desmorona de uma vez. Convenhamos que já tava na hora, né?!

Kadu sorri maliciosamente e sai. Em Hilda, paralisada e boquiaberta. CORTA PARA/

 

CENA 04. HOTEL COPACABANA PALACE. QUARTO 505. INT. DIA.

Josefa e Kadu frente a frente.

KADU: Eu falei mesmo. Botei pra fora tudo que tava preso na garganta. Joguei na cara dela, mamãe. E a coitada ficou desolada. Uma pena, né?! Quer um lenço pra limpar as lágrimas?

JOSEFA: Não, meu filho. Obrigada! Minhas lágrimas são de crocodilo.

KADU: Eu já suspeitava.

Os dois gargalham.

JOSEFA: Mas se eu bem te conheço, o motivo dessa felicidade toda não é só isso, né?

KADU: Claro que não! Já garantir nosso futuro, Dona Josefa. Tá vendo só como eu sou rápido?!

JOSEFA: Mas como assim?

KADU: O que não falta nesse hotel é milionário. Dando uma volta por aí, descolei a nossa nova fonte de grana. O nome dela é Pia Peixoto!

JOSEFA: Pia Peixoto?

KADU: Isso!

JOSEFA: Mas essa não é a filha solteirona daquele magnata milionário que tá há anos entrevado numa cadeira de rodas?

KADU: Exatamente! A única filha do Rui Peixoto.

JOSEFA: (Senta-se na cama) Nossa! Mas que sorte! Ainda bem que não precisaremos voltar pra Touro Bravo. Já tava começando a me despedir desse Hotel e me conformando em voltar pra aquele fim de mundo.

KADU: Quem se conforma fácil são os fracos! A Pia já tá no papo, mamãe. Uma mulher tão frágil, solitária, que precisa de um ombro pra se apoiar. E como somos pessoas boas, eu ofereci o meu. Já estou garantido, mamãe. Minha próxima parada vai ser a Suíça. Onde o Rui vai fazer uns novos tratamentos. E eu irei ao lado dela, dando força e proteção ao meu mais novo e grande amor da minha vida!

JOSEFA: E eu?

KADU: Bom, sobrou a função de babá. A senhora fica tomando conta do velho enquanto eu faço a Pia descobrir o que é viver o mais lindos dos romances de novela.

JOSEFA: Eu de babá de idoso? Jamais!

KADU: Ou é isso ou a nossa parceira acaba aqui, mamãe. Eu sigo pra um lado e você, infelizmente, vai ter que se virar sozinha. Só não se esqueça que o velho tá perto de morrer. E quando ele morrer....

SONOPLASTIA: La Plata – Jota Quest.

JOSEFA: (Sorri) Eu topo!

Josefa se levanta e abraça o filho.

JOSEFA: (Na ação) Eu jamais conseguiria ficar longe do meu querido e amado filho. Jamais!

KADU: Eu sabia disso. Tinha certeza!

Em Kadu, sorrindo maliciosamente. CORTA PARA/

 

CENA 05. ESTÚDIO DE GRAVAÇÃO. INT. DIA.

SONOPLASTIA OFF. Cenário de quarto. Tetê Rameira deitada na cama. O Diretor em frente.

DIRETOR: Cê entendeu, Tetê?

TETÊ: Claro! Eu sou loira, mas não sou burra!

DIRETOR: (Baixo) Há controvérsia.

TETÊ: Hã?

DIRETOR: Nada! Recapitulando a cena: Você vai ser a passageira e o ator vai tá representando um taxista. Vocês entram no quarto e ele vai tá com suas sacolas em mãos, como se ele tivesse sido gentil e te ajudasse a trazer as coisas pra não carregar tudo sozinha. Aí você vai agradecer, vai começar a se jogar pra cima dele e ele vai dizer que você foi a melhor corrida da vida dele. Nesse momento você rasga a blusa dele e começa a lamber ele todinho. Depois ele vai te jogar na cama e aí começa a parte principal e mais importante da cena.

TETÊ: Ok. Mas não era pra você tá passando essas instruções também pro novo ator? Porque com certeza ele não é como o Igor. Duvido que entenda de primeira. E eu quero conhecer ele logo, pra ensaiarmos, ganharmos mais intimidade. Afinal vai ser a primeira cena dele.

DIRETOR: Eu já vou te apresentar. Ele já foi instruído antes. Passei tudo a ele por e-mail. É que esse novo ator tá fazendo esse serviço pra ganhar um dinheiro extra, entende?!

TETÊ: E cadê ele?

DIRETOR: (Alto tom) Pode entrar!

Diretor abre a porta do cenário.

DIRETOR: Esse é o nosso novo ator pornô contratado: Vital Mangalô!

Vital adentra o cenário.

VITAL: (Sorridente) Muito prazer!

TETÊ: (Olhando-o de baixo para cima) UAL!

DIRETOR: Vital, essa é a Tetê Rameira, a sua parceira de cena!

VITAL: (Olhar de predador) Acho que vamos nos dá muito bem!

TETÊ: Eu já tenho certeza!

Vital sorri. Ele e Tetê se cumprimentam.

DIRETOR: Bom, então fica cada um aí na sua posição e vamos pro que interessa!

Vital e Tetê deitam na cama e começam a se beijar com ferocidade.

DIRETOR: (Grita) Ação!

Vital e Tetê começam a tirar a roupa um do outro. CORTA PARA/

 

CENA 06. TOURO BRAVO. EXT. DIA.

PANORAMA rápido da pequena cidade. CORTA PARA/

 

CENA 07. QUARTO DE HOTEL. INT. DIA.

Ulisses e George sentados na cama.

GEORGE: Então, você aceita a namorar comigo?

ULISSES: Nossa! Eu nem sei o que dizer. Nunca pensei que fosse ser pedido em namoro alguma vez na vida.

GEORGE: Eu quero construir uma nova história. Só depende de você pra querer construir a sua também!

ULISSES: E a sua tia?

GEORGE: A tia Letícia sabe que eu sou gay. Ela me apoia em tudo. E eu já falei pra ela que eu te conheci. Ela ficou na torcida e tudo. Minha tia é sensacional!

ULISSES: Isso é muito bom. Meus pais, infelizmente, pensam totalmente o contrário.

GEORGE: Mas e então, você aceita?

ULISSES: (Ri) Eu aceito, George! Eu aceito!

Ulisses abraça George fortemente. 

GEORGE: (Na ação) A gente vai ser muito feliz!

ULISSES: Eu sei que vai. Eu sinto!

George e o Ulisses permanecem abraçados, visivelmente emocionados. CORTA PARA/

 

CENA 08. MANSÃO SANTANA. SALA. INT. DIA.

Horácio e Zetinha frente a frente.

HORÁCIO: É chegada a hora, Zetinha!

ZETINHA: Agora não tem mais volta!

HORÁCIO: Eu não quero que tenha! Pra eu recomeçar, eu preciso passar por isso, preciso sofrer as consequências dos meus atos e pagar pelo que fiz. Só depois vou conseguir erguer a cabeça de novo. Cuida de tudo, tá, Zetinha?

ZETINHA: (Começa a chorar) Pode deixar, Seu Horácio! E eu vou sempre te visitar lá. Sempre!

HORÁCIO: Avisa a Hilda, tá?! Mas da maneira mais sútil possível.

ZETINHA: Certo.

Horácio abraça Zetinha fortemente. O abraço termina.

HORÁCIO: Até breve, Zetinha!

ZETINHA: Eu te levo até a porta!

Zetinha abre a porta e Horácio sai. Zetinha fecha a porta e chora. CORTA PARA/

 

CENA 09. CASA DE PIETRO. SALA. INT. DIA.

Hilda deitada no sofá, assistindo TV. Pietro vem de dentro com um papel em mãos.

PIETRO: Tenho uma surpresa pra você, amor.

LALÁ: (Curiosa) Que surpresa?

PIETRO: (Entrega o papel) Toma!

Lalá pega o papel e olha.

LALÁ: Nossa, amor! Sou eu! Você me desenhou perfeitamente. Tá igualzinho, amor. Igualzinho!

PIETRO: (Sorrindo) Gostou?

LALÁ: (Levantando-se) Eu amei. Cê é muito talentoso, meu amor. Devia focar mais nisso. É um desenhista nato! Amei, amei, amei!

Lalá pula sobre Pietro e o beija rapidamente.

PIETRO: Que bom que gostou, amor! Tava um tempinho sem desenhar. Aí resolvi voltar fazendo a mulher que eu mais amo nesse mundo.

LALÁ: Minha coisa linda!

PIETRO: Mas as surpresas não acabaram, não!

LALÁ: Não?

PIETRO: Não.

Pietro se ajoelha e retira um anel do bolso.

PIETRO: Lavínia Monteiro Alves, você aceita se casar comigo?

SONOPLASTIA: Um Anjo veio me Falar – Rouge.

Lalá boquiaberta, sem reação.

LALÁ: (Emocionada) É claro que eu aceito, meu amor! É tudo que eu mais quero na minha vida! Eu te amo, te amo, te amo muito!

PIETRO: Eu também te amo de montão, minha princesa!

Pietro coloca o anel no dedo de Lalá.

PIETRO: Pode ter certeza que vamos ser o casal mais feliz do mundo, minha princesa!

LALÁ: Já somos, meu amor. Já somos!

Lalá e Pietro se beijam intensamente. Ele alisa a barriga dela e sorriem emocionados. CORTA PARA/

 

CENA 10. CASA DE EMILIS. SALA. INT. DIA.

SONOPLASTIA OFF. Emilis e Yuri frente a frente.

YURI: Eu só vim porque você disse que já tinha a resposta, madame.

EMILIS: E tenho!

YURI: Qual é?

EMILIS: Eu gosto de você, Yuri. Eu tô apaixonada por você. Eu quero ficar com você e não vou deixar que preconceito nenhum, que nada impeça a minha felicidade.

YURI: (Sorri) Eu sabia, madame. Eu também tô amarradão em você. Desde o primeiro dia que eu não paro de pensar na madame.

EMILIS: Mas eu não sou madame, não! Eu estou nessa casa vivendo da pensão do meu ex-marido. E se vamos ficar juntos, não posso mais depender dele. Quero ser alguma coisa, quero fazer alguma coisa.

YURI: Você pode vim comigo pra Toureiro.

EMILIS: Pra Toureiro?

YURI: É. Eu tenho mais clientes lá. Serviço pra pedreiro, não falta! E como é uma cidade menor, qualquer coisa que você saiba fazer, as pessoas vão valorizar e você vai se destacar, Emilis. E é perto daqui de Touro Bravo. Sempre que você quiser vim visitar o seu filho, vai ficar fácil.

EMILIS: É que, na verdade, eu tinha planos de sair daqui pra ir pra uma cidade maior.

YURI: Então cê não quer?

EMILIS: Mas eu aprendi que o lugar onde a gente tá é sempre do tamanho da nossa felicidade. E como a felicidade é a gente quem faz...

YURI: Isso quer dizer...?

EMILIS: Isso quer dizer que não gosto de Touro Bravo justamente porque não era feliz aqui. Era aqui que eu vivi meus anos de angústia, de amargura, de infelicidade e por isso sempre quis sair achando que mudaria algo. Mas agora que eu me libertei de tudo isso, eu consigo ver que a onde eu for, eu vou me sentir completa e realizada porque eu vou estar feliz. Simplesmente feliz e bem comigo mesma!

YURI: Minha madame!

SONOPLASTIA: Nada vai mudar isso – Cássia Eller.

Yuri e Emilis caem no sofá e se beijam calorosamente. CORTA PARA/

 

CENA 11. CASA DE LETÍCIA. QUARTO DO CASAL. INT. DIA.

SONOPLASTIA OFF. Letícia e Zander deitados na cama.

ZANDER: Eu tava aqui pensando: Como seria minha vida se você não tivesse aparecido nela?

LETÍCIA: Pra que ficar pensando nisso?

ZANDER: Com certeza estaria na mesma. Eu poderia ter voltado ao vício e estaria vivendo o tédio total. Você me transformou, Letícia. Me apresentou o amor de verdade e o amor que transforma. Eu sou muito grato a tudo que você fez por mim!

LETÍCIA: Você também, Zander! Quando o meu filho, meu Gustavo morreu, eu pensei que nunca mais fosse sorrir de novo, ser feliz de novo. E agora estamos aqui! O meu filho vai tá sempre em um lugar do meu coração, mas a felicidade conseguiu se sobressair na minha vida novamente. E parte dela, eu devo muito a você, meu amor. Te amo!

SONOPLASTIA: De Perto – Os Paralamas do Sucesso.

ZANDER: Eu também te amo!

Letícia e Zander se beijam. CORTA PARA/

 

CENA 12. CACHOEIRA. EXT. DIA.

Igor e Rafaela sentados à beira, de mãos dadas.

RAFAELA: É muito linda essa cachoeira, essa sensação de ar puro, de leveza, calmaria...

IGOR: Realmente é bom demais! Fiquei tanto tempo no Rio de Janeiro que já tinha esquecido como isso era bom.

RAFAELA: Eu adorei aquela casa que a gente viu. É a nossa cara!

IGOR: Acho que vamos ficar com ela. Vamos fazer nossa vida aqui e vamos aprontar muito lá no nosso cantinho, entre quatro paredes.

SONOPLASTIA: Sem Parar – Gabriel, o Pensador.

RAFAELA: (Riso sensual) Meu dono malvado!

IGOR: Minha cachorra obediente!

Igor e Rafaela se beijam com ímpeto. CORTA PARA/

 

CENA 13. MANSÃO SANTANA. QUARTO DE EMPREGADA. INT. DIA.

SONOPLASTIA OFF. Zetinha sentada na cama, falando ao celular.

ZETINHA: Eu sei que você deve tá ocupada, mergulhada no trabalho. Mas eu precisava te avisar, minha menina. Seu pai insistiu muito!

HILDA: (OFF) Fez bem, fez muito bem! Não é porque agora eu sou modelo, que eu esqueci de quem eu amo. Meu pai pode ter errado, mas ele continua sendo meu pai!

ZETINHA: E ele te ama muito, minha menina. Muito!

Em Zetinha, tristonha. CORTA PARA/

 

CENA 14. RIO DE JANEIRO. EXT. DIA.

SONOPLASTIA: Apenas mais uma de amor – Lulu Santos.

Planos gerais de diferentes pontos turísticos da cidade. CORTA PARA/

 

CENA 15. HOTEL COPACABANA PALACE. QUARTO. 200. INT. DIA.

SONOPLASTIA OFF. Hilda em pé. Veridiana ao lado. Djavan sentado na cama.

HILDA: Eu preciso ir pra Touro Bravo. Eu preciso ver meu pai, tocar nele. Ele precisa de mim!

DJAVAN: Amor, por mim tudo bem. E eu vou junto com você!

VERIDIANA: Por mim também tudo bem, Hilda. Seu pai sendo o prefeito da cidade, eu imagino o quão isso vai repercutir.

HILDA: Obrigada, gente! Eu sei que meu pai errou. Mas ele me criou, me deu amor, me fez a mulher que eu sou hoje. Não é por causa de um deslize que eu vou demonizar ele, não.

VERIDIANA: Ninguém aqui tá falando isso.

HILDA: Eu não vou conseguir seguir em frente, viajar pra esses novos compromissos e desfiles, sem falar com meu pai primeiro, sem saber como ele realmente tá. E pelo que a Zetinha falou...

Djavan se levanta e se aproxima de Hilda.

DJAVAN: Calma, meu amor! Dentro de alguns dias nós iremos e voltaremos juntos. O importante é que vamos tá sempre juntos!

HILDA: Sim, meu amor. Sempre!

Djavan beija Hilda e a abraça. CORTA PARA/

 

CENA 16. HOTEL COPACABANA PALACE. QUARTO 928. INT. DIA.

Gaspar, Neon, Mariela e Fausto no local.

GASPAR: Minha mala já tá pronta!

NEON: A minha também!

FAUSTO: Então vamos embora porque novos rodeios e arenas nos esperam!

GASPAR: E eu não vejo a hora de rever a Kate. Tô morrendo de saudade da minha americana.

MARIELA: Isso é um alívio pra todos, Gaspar. Principalmente pro Neon que mal conseguiu dormir de noite.

GASPAR: (Sorri) Besta!

FAUSTO: Vamos!

Neon dá um leve tapa no braço de Mariela e a beija. Todos saem do local rapidamente. CORTA PARA/

 

CENA 17. TOURO BRAVO. EXT. DIA.

PANORAMA da pequena cidade.

LEGENDA: Dias Depois...

 

CORTA PARA/

 

CENA 18. PRÉSIDIO. SALA DE VISITA. INT. DIA.

Hilda e Horácio sentados frente a frente.

HILDA: Ele falou tudo isso na minha cara. O Kadu é um monstro! E agora, depois disso que cê me contou essas coisas, eu entendi tudo.

HORÁCIO: Sim, minha filha. Ele me chantageou até o fim. Até que chegou uma hora que eu não aguentei mais e resolvi tomar uma atitude. (T) Mas e o Djavan? Como vocês estão?

HILDA: A gente tá bem, pai. Estou cada dia mais apaixonada e estamos muito felizes. Ele tá aí fora me esperando. O Djavan é demais! E o desfile foi um sucesso! Todo mundo me adorou e já tenho outros milhares de compromissos agendados aqui no Brasil e internacionalmente também.

HORÁCIO: Que bom, minha filha. Eu fico muito feliz por você!

HILDA: Mas eu precisava vim te ver, saber como o senhor tá.

Hilda aperta aos mãos de Horácio.

HORÁCIO: Bem, eu não estou! É impossível alguém tá bem nesse lugar. Mas eu tô levando. Sobrevivendo.

HILDA: Eu não esperava isso do senhor. Foi uma surpresa imensa pra mim tudo isso que aconteceu. Mas eu sou sua filha. Eu sempre vou ser!

HORÁCIO: Desculpa se eu te decepcionei, Hilda. A gente erra tentando acertar. Mas agora eu sei que estou fazendo a coisa certa.

HILDA: Tá sim, meu pai. E quando o senhor sair daqui, será um novo homem!

Hilda beija as mãos de Horácio e os dois choram. CORTA PARA/

 

CENA 19. CASA DE BARTOLO E DARCY. QUARTO DO CASAL. INT. DIA.

Bartolo deitado na cama. Darcy adentra o local.

DARCY: Vamos, vamos meu amor! O fisioterapeuta tá aí. Tá na hora de mais uma sessão de fisioterapia.

BARTOLO: (Lamentando-se) Ah, não!

DARCY: Pensa que essas serão as primeiras das últimas. E depois delas: A Cura! Quer ouvir a música de Lulu Santos?

Bartolo fica sério. Darcy sorri e balança a cabeça positivamente. CORTA PARA/

 

CENA 20. PRESÍDIO. SALA DE VISITIAS. INT. DIA.

Zetinha e Horácio sentados frente a frente.

HORÁCIO: Eu tô muito feliz pela minha filha, Zetinha. O mundo todo tá de portas abertas pra ela e eu sei que ela vai abraça-lo por inteiro.

ZETINHA: E com o Djavan ao lado, ela também tá bem segura pelo laço do amor. Esse, eu sei, é inquebrável! Eu percebi no olhar dos dois. Quando é amor, dura pra sempre. Dura anos, dura décadas, toda eternidade...

HORÁCIO: Assim como o seu por mim?

ZETINHA: (Sem jeito) Do que cê tá falando, Seu Horácio?

HORÁCIO: De tudo que você sente por mim. Eu já tinha notado, Zetinha. Eu só não falava porque acho que você é quem devia falar. Mas a partir do momento que eu estou começando a sentir o mesmo também, não tem porque não dizer.

ZETINHA: O senhor tá querendo me dizer que tá sentindo por mim também?

HORÁCIO: Sim, Zetinha. E aí, vai esperar eu sair daqui?

ZETINHA: Eu já esperei por tanto tempo, meu Deus! O que me custa esperar mais?! Eu nem estou acreditando nisso. Parece um sonho!

HORÁCIO: Pois é a realidade, Zetinha. Eu quero você comigo, como minha mulher, ao meu lado. Quer dizer, ao lado do novo homem, do novo Horácio que eu vou ser. Só uma mulher forte como você e que já representa tanto pra mim, pode caminhar junto comigo. Continua cuidando da casa, porque agora ela é nossa e é lá que vamos morar!

Zetinha sorri e chora ao mesmo tempo. Ela se levanta e aproxima-se de Horácio.

ZETINHA: Será que eu posso?

HORÁCIO: O que você acha?

Zetinha beija Horácio com vontade. CORTA PARA/

 

CENA 21. TOURO BRAVO. EXT. DIA.

SONOPLASTIA: Um anjo veio me Falar – Rouge.

Planos gerais.

LEGENDA: Dois meses depois...

CORTA PARA/

 

CENA 22. IGREJA. INT. DIA.

Igreja cheia. Pietro no altar, apreensivo. Darcy e Bartolo (com muletas) de um lado do altar. Emilis e Yuri do outro. Letícia e Zander e Ulisses e George nos primeiros bancos. A marcha nupcial começa a tocar. Todos os convidados se levantam.

PIETRO: (Pra si mesmo) É ela. É ela!

Lalá adentra a igreja com um longo vestido com uma calda que rasteja pelo chão e um buquê em mãos. Ela sorri e começa a chorar. Pietro também se emociona. Lalá chega perto de Pietro e ele se dão as mãos.

LALÁ: Chegou a hora, meu amor!

PIETRO: (Visivelmente encantado) Minha manteiguinha linda! A princesa mais linda do mundo!

SONOPLASTIA: Um anjo veio me falar – Rouge.

Os convidados se sentam. O padre começa a falar em OFF. Todos em silencio. Pietro e Lalá trocam as alianças. Eles se beijam apaixonadamente, visivelmente radiantes e com brilhos nos olhos. Todos aplaudem. CORTA PARA/

 

CENA 23. SUÍÇA. CEMITÉRIO. INT. DIA.

SONOPLASTIA OFF. Kadu e Pia (Alta, morena) abraçados. Josefa ao lado. Os três em frente ao jazigo perpétuo.

PIA: O meu pai era parte de mim, Kadu.

KADU: Eu sei, meu amor. Mas ele agora tá descansando. Tenho certeza que tá nos braços do pai. Amém!

JOSEFA: Eu também tenho certeza disso. Eu já rezei muito pela alma do Dr. Rui, Dona Pia.

PIA: Obrigada, Zetinha. E obrigada por sua eficiência, por ter cuidado tão bem do meu pai nesses últimos meses. Eu sei que Deus foi bom comigo. Quando eu já nem tinha mais esperança, me mandou um amor e de quebra uma sogra maravilhosa. Obrigada, mesmo!

JOSEFA: Magina, querida. Estarei sempre ao seu lado!

KADU: Só que um pouco mais afastada, né, mãe?! Porque juntinho mesmo, quem vai ficar sou eu, meu amorzinho!

PIA: Só quero ficar em casa, amor. Não sei se vou ter ânimo pra muita coisa.

SONOPLASTIA: La Plata – Jota Quest.

KADU: Não! A gente tem que aproveitar, curtir, gastar. Meu amor, a morte do seu pai é a maior prova de que a gente não leva nada desse mundo. O Dr. Rui Peixoto tinha milhões. E só levou a roupa do corpo porque alguém vestiu nele. A gente tem que aproveitar pra viver, Pia. É isso que seu pai queria. E eu, como o seu amor, iriei viver ao seu lado!

PIA: (Leve sorriso) Cê tem razão. Eu te amo!

KADU: Também te amo!

Kadu beija Pia e continua abraçando-a. Josefa finge comoção. Eles vão saindo do local lentamente. CORTA PARA/

 

CENA 24. TOURO BRAVO. EXT. DIA.

SONOPLASTIA TROCA PARA: Um Anjo veio me Falar – Rouge.

PANORAMA da pequena cidade.

LEGENDA: Sete meses depois...

 

CORTA PARA/

 

CENA 25. HOSPITAL MATERNIDADE. QUARTO 102. INT. DIA.

SONOPLASTIA OFF. Lalá deitada na cama com um bebê nos braços. Pietro ao lado. Darcy, Bartolo, Emilis e Yuri também no local.

LALÁ: Ele é lindo, né, gente?! Meu filhinho!

BARTOLO: Demais! Ainda bem que eu já estou andando novamente pra poder brincar bastante com meu neto.

EMILIS: E eu também quero brincar muito com ele!

PIETRO: Meu homenzinho que eu tanto queria!

DARCY: Como é o nome dele?

PIETRO: Guilherme Miguel. Eu e a Lalá escolhemos juntos.

DARCY: É um lindo nome!

PIETRO: O pai e a mãe são lindos, é claro que iam ter um filho lindo e o nome tinha que ser lindo também, né?!

Todos riem.

EMILIS: É verdade! Bom, eu e o Yuri já estamos indo. Vamos!

YURI: Vamos!

BARTOLO: Eu também! Abraço, meu filho!

DARCY: Curta bastante o momento de vocês.

LALÁ: Obrigada, gente. E obrigada também pelos presentes.

DARCY: Magina!

Darcy, Bartolo, Emilis e Yuri saem do local.

PIETRO: Eu nem tô acreditando que eu tô aqui, com você, com nosso filho. Bendita hora aquela que eu te encontrei no Badoo, amor.

LALÁ: Bendita! Agora eu, você e o nosso Guilherme Miguel, somos uma família!

PIETRO: E a família mais feliz e perfeita desse mundo!

LALÁ: Dizem que família perfeita não existe.

PIETRO: Nós vamos provar o contrário. Seremos uma família perfeita, mesmo sendo imperfeita. E sabe porquê?! Porque é a minha família. A família com a mulher que eu escolhi, a mulher que eu amo. E o meu maior sonho se tornando realidade!

LALÁ: (Comovida) Eu te amo, meu amor!

PIETRO: (Sorri) Eu já sei.

LALÁ: Mas eu não me canso de dizer. Isso você também sabe!

PIETRO: Eu também te amo muito, minha princesa! Muitoooo!

Pietro beija Lalá e em seguida dá um leve beijo sobre a cabeça do bebê. CORTA PARA/

 

CENA 25. ARREDORES DA ARENA. EXT. DIA.

Um carro para. Gaspar e Kate (Loira, branca e de olhos azuis) saem. Os dois trajando roupas de montaria.

GASPAR: Foi aqui que eu comecei a montar, Kate. Foi aqui que meu sonho foi nascendo, crescendo e se tornando realidade.

KATE: O seu irmão me disse. Eu adorei conhecer o Zander, sua cidade e suas raízes, meu amor.

GASPAR: E eu nunca iria abandonar elas. As raízes da gente são como a nossa essência e a gente nunca pode deixar que ela morra.

KATE: Yes!

GASPAR: (Admirando) E assim a gente vai vivendo, buscando, sonhando, fazendo e realizando. Sempre sendo os protagonistas de nossas vidas. Sempre sendo os reis da nossa própria arena!

Kate beija Gaspar rapidamente. CAM vai se aproximando em um dos olhos de Gaspar que vai se revelando em um menino de uns 7 anos. Gaspar e Kate aparece ao lado do menino e fica visível que é filho deles. O menino também traja roupas de cowboy. Gaspar abaixa-se de junto dele e aponta para frente. No menino, sorridente e com um olhar compenetrado. CORTA PARA/

 

FIM!

Créditos sobem ao som de: Clima de Rodeio – Rionegro e Solimões.

 

AGRADECIMENTOS: Quero agradecer a todo MEU público (Em especial: Weslley, Gu e Elisângela.) São pra todos vocês que eu escrevo, é com vocês o meu compromisso. Obrigado por todo retorno, interação e pela a amizade de vocês. Valeu e estamos juntos! Anuncio que essa é a minha última web novela e que não escreverei mais esse gênero. Até a próxima (Minissérie)! OBRIGADO!