!
Nosso site está em sua versão beta, em poucos dias poderá usufruir dele 100% completo! Fique Ligado!!!
FIQUE PODE DENTRO

NOTA OFICIAL: Presidente Lucas Luciano

31/12/1969 21:00


Olá, sou Lucas Luciano, presidente do MEGAPRO. Venho fazer um pronunciamento oficial diante dos últimos acontecimentos envolvendo o MEGAPRO e meu nome. Desde a estreia de Menina Curiosa que eu não alimento polêmicas. A minha participação nos grupos se resumem a divulgações das produções.

Primeiramente, agradeço a Cristina pela crítica feita em seu blog sobre o programa Miau. Porém, diria que teria cumprindo "seu trabalho" perfeitamente se, quando foi procurada pela Débora (como citado na matéria), também houvesse procurado a mim ou a diretoria da emissora para procurar apurar os fatos e saber a outra versão da história. Pode-se dizer que não é obrigação dela, já que a mesma afirma não ser jornalista. Mas se ela exerce tal função, por que não seguir o que é praxe? Seguindo...

Simplesmente foi jogada uma acusação levando em consideração apenas um dos lados, pode ser por motivos pessoais, ou não, mas, de fato, foi o que aconteceu. Ainda assim, Cristina segue fazendo o seu papel no MV, que é movimentar com suas análises. Para o bem ou para o mal.

Já com a Débora, havia um acordo onde a emissora não tocaria em seu nome e ela não tocaria no nome da emissora. Por mais que ela tenha se exaltado e gritando a todos os cantos que não existe mais acordo, do nosso lado, vamos continuar cumprindo! Digo continuar, porque a emissora não descumpriu o acordo, as declarações foram feitas por um convidado (Pedro Gaze), num momento de entrevista. Não foi em notas, não foi em matéria jornalística

A emissora não pode simplesmente censurar um convidado. A própria Cristina criticou tal comportamento quando um diretor da emissora, na direção de ZOH, censurou alguns pontos da sua entrevista. Obviamente não iriamos repetir tal erro, porém, isso novamente voltou a ser pauta no blog. Enfim! Afirmo aqui a todos que Débora, em sua denúncia ao BDZ, alega em “aviso”, que “não iria pedir para mudar nada” e em uma conversa privada, falou em “permissão”. Nós demos o direito de resposta a ela dentro do programa Miau nas próximas edições, mas a mesma não aceitou. Repito, foi concedido direito de resposta a Débora dentro do Miau.

Débora teve um comportamento um tanto quanto contraditório ao falar que não iria dar pauta para o problema e seguir para a redação do BDZ. Por fim, o MEGAPRO reafirma seu compromisso com a veracidade dos fatos, respeito aos nossos convidados e nossos companheiros de MV. Por isso mudamos alguns pontos de nossa postura e isso foi notado nas últimas atitudes da rede e na estreia do Miau e se reafirmará ainda mais em nossas próximas estreias. Agora, enquanto criticarem apenas por criticarem, sem dados consolidados, sem apontar pontos, sem verificar todos os lados da história, fica difícil dar alguma relevância. Não há imparcialidade. E só para constar, isso não foi para a Cristina e fica evidente através do que foi citado acima.

Agradeço a atenção de todos!