!
Nosso site está em sua versão beta, em poucos dias poderá usufruir dele 100% completo! Fique Ligado!!!
PROGRAMA DO ZOH

Programa do Zoh, um programa em que os bastidores eram mais reais e intensos do que o conteúdo que ia ao ar

14/01/2018 15:34

Com mudanças e situações conturbadas, equipe do Programa do Zoh finalizou o programa e ficou sem se falar por meses.


Primeiro teaser vinculado ao programa em 2017

 

Em novembro de 2017, uma equipe se formava para o retorno triunfal de Zoh, um personagem irreverente, que fez parte do TVN em 2015/16, quando ele ganhou seu próprio blog, com um tom ácido em suas notícias. Com a direção artística de Pedro Gaze, a nova atração prometia bombar em audiência e repercussão, e um teaser em vídeo com personagens do The Sims já prometia isso.

Capa do single que abriu o programa em 2018

 

No teaser que viralizou, uma nova equipe era formada – Lubichano, personagem defendido por João Carvalho, o presidente da emissora, que dava lugar a Zoh, personagem defendido por Rennan Lopes, que assumia temporariamente a rede para colocar seus planos em prática, a irreverente Ratena, uma trapaceira cheia de si vivida pelo autor Vitor Abou, a extravagante Lembidinha, vivida pelo gerente de entretenimento Everton Brandão, e Maripousei, personagem debochado defendido por Pedro Gaze.

Perfis delineados e gravação a todo vapor. Um videoclipe, Usufruir, abriria a jornada da nova equipe, entretanto, as divergências aconteceram ainda na fase de produção.

O diretor artístico Pedro Gaze gostaria de fazer uma espécie de revezamento entre os quadros, o que foi duramente criticado por membros da equipe, que avaliavam arriscado, já que o público poderia ler apenas em dias em que seus quadros favoritos estivessem no ar. A briga foi tão grande que a equipe precisou de um ultimato por parte de Lucas Luciano, presidente do MEGAPRO, para decidir o que seria feito.

Dias antes de ir ao ar a primeira edição, em janeiro de 2018, Pedro sofreu uma dura represália por parte da crítica do MV e uma crise imensa se instaurou na equipe da atração. O que os integrantes mais temiam aconteceu. Nas vésperas da estreia, Pedro Gaze deixa o programa e fica vaga a direção. Com demandas, promessas, e uma proposta completamente devastada após a saída de quem poderia concretizá-las, a equipe, em crise interna, brigas constantes, não pensava em outra coisa senão: “Que o programa termine rápido”.

As crises externas com o nome da emissora e o ex-diretor do programa não afetaram tanto o programa quanto às brigas internas da equipe. A gravidade da situação foi tamanha, que Everton Brandão saiu da atração perto de seu final, e toda a equipe ficou sem se falar por alguns meses, até que retomaram contato mais a frente.

Um programa com proposta incrível, abalado pelas divergências de uma equipe imatura e que não sabia o que fazer frente à série de acusações vindas de todos os setores do MV.

Em 2019, um ano após o ocorrido, a certeza é de que aquelas pessoas não são mais as mesmas. A equipe se reuniu na tarde do último domingo (10) e as pendências ficaram resolvidas. De fato, o programa teve críticas externas, influência direta dos escândalos que envolviam os convidados, porém poderia ter sobrevivido se sua equipe fosse madura o suficiente naquele período.

Sempre há tempo para mudança, para amadurecimento. Seja hoje, seja amanhã. O importante é aprender com os erros.

A volta do Zoh é mais provável do que nunca.