16

SÉRIES

A ROTINA DE AMAR

1 TEMPORADA

COMPLETO


Após anos, duas mulheres se reencontram, Sandra bem-sucedida e Isadora fracassada. A ambição que Isadora possui, provocará atitudes irreparáveis e a amizade que um dia já foi verdadeira, se tornará um fardo a ser carregado.

Wellyngton Vianna
AUTOR

19. DÉCIMO NONO EPISÓDIO

AGORA NÃO HÁ SAÍDA

Intrigadas com o aparecimento do tal pen drive, Amanda e Sofia o observam:

Amanda- O que será que tem nele?

Sofia pega o pen drive do chão:

Sofia – Não sei, é melhor guardar se não o Gustavo vai ficar uma fera.

Amanda toma o aparelho da mão de Sofia:

Amanda – Não, que guardar o que? Esse negócio tava escondido aí. Por que o Gustavo esconderia um pen drive de você, que é esposa dele? Você já viu isso aqui com ele antes?

Sofia fica em silêncio e preocupada:

Amanda – Vem, vamos olhar agora o que tem aqui.

Amanda sai do quarto com o pen drive na mão, Sofia segue a irmã.

Em São Paulo, no estacionamento do hospital, Sandra e Renata esbanjam felicidade no reencontro:

Renata – Meu Deus.... Onde você esteve mãe? Todos pensam que está morta.

Sandra chorando explica:

Sandra – Desculpe filha, desculpe por todo esse sofrimento...

Renata – eu sabia que um dia você iria aparecer, algo me dizia que estava viva.

Sandra coloca os óculos escuros:

Renata – você esta tão diferente...

Sandra – Não osso ser reconhecida.

Sandra pega na mão de Renata e a puxa:

Sandra – em, preciso te contar tudo.

Bruna está na lanchonete do hospital e pelo celular, troca mensagens com Rick:

MENSAGENS:

Bruna: “E aí? Já chegou? ”

Rick: “Já, e já estou amando...

Bruna: Que bom amigo.

Rick: E o Edu, acordou?

Bruna: Sim, acordou! Mas não quer mais saber de mim!!!!

Rick: Oh... amiga!

Bruna: Ele passou mal na minha frente, fiquei apavorada!

Rick: Meu Deus!

Bruna: Já decidi, vou deixá-lo!

Rick: Se ele não quer, é melhor mesmo!

Bruna fica pensativa e ao olha em volta na lanchonete, ela vê Renata e Sandra entrando, elas sentam-se uma mesa distante. Bruna se despede de Rick:

MENSAGENS:

Bruna: Depois nos falamos Rick!

Rick: Se cuida! Vai dar tudo certo!

Bruna observa de longe, Renata e Sandra:

Renata – Por que voce não apareceu esse tempo todo? Eu já estava achando que tinha te perdido naquela tragédia.

Sandra – Pois é filha, me perdoe! Mas, eu precisei fazer isso. Aliás, mesmo estando morrendo de saudades de você, não estava nos meus planos te ver hoje. O que está fazendo aqui?

Renata – Ai mãe, nem me fale... O Eduardo o rapaz muito especial que conheci, sofreu um acidente grave de carro!

Sandra fica surpresa:

Sandra – Meu deus... mas, vocês estão namorando?

Renata – Não. Mas, e você o que estava fazendo aqui mãe, estava internada?

Sandra – Não! Imagina.

Sandra – Eu... é muito complicado te falar isso agora!

Renata – Por que?

Sandra – Eu estou morando com um homem. Ele é médico, trabalha aqui. Foi ele quem me resgatou no dia do sequestro na casa de praia. Ele me ajudou durante esses 8 meses, pedi que não contasse a ninguém sobre mim.

Renata – Nossa... E, vocês tem alguma relação, amorosa?

Sandra fica meio constrangida:

Sandra – Você acredita que... somente ontem começamos?

Renata sorri:

Renata – Ah... conta outra!

Sandra também sorri:

Sandra – Sério éle é um homem muito digno, respeitador demais. Você não acha errado?

Renata diz indignada:

Renata – Errado? Porque? Mãe, você merece ser feliz! Eu amo meu Pai, mas ele é um canalha. Depois que você sumiu, bastou 6 meses pra ele assumir relação sabe com quem? Isadora!. Mais dois meses e eles casaram. Sabe onde estão agora? Em Recife! Curtindo lua de mel.

Sandra sorri:

Sandra – assumiram relação seis meses depois que sumi?

Renata – Sim! um absurdo!

Sandra – Se você acha um absurdo seis meses depois que sumi, quero saber o que vai achar quando descobrir que essa relação nojenta se estende desde quando você estava no Rio de janeiro!

Renata fica pasma:

Renata – O que?

Sandra - Enquanto eu estava lá no hospital com você, eles faziam de tudo sozinhos naquela casa!

Renata – Minha nossa! Você lembra que eu sempre te avisei sobre aquela mulher né?

Sandra – Sim!

Renata - Você nunca me ouviu mãe!

Sandra – Me arrependo até este exato segundo...

Renata – Como você descobriu? Quando?

Sandra – Naquele dia em que fomos juntas a conferência beneficente, lembra?

Renata – Sim! foi a última vez que nos vimos, no outro dia você foi com a Isadora pra casa de praia.

Sandra – Pois é. A noite,quando chegamos em casa naquele dia, eu encontrei o eles fazendo sexo no quarto da Isadora.

Renata fica chocada:

Renata – Que vagabunda... Então, no jantar, você já estava... você já sabia??

Sandra – Sim.

Renata – Por isso estava tão estranha... eu sabia que alguma coisa tava errada. Mas por que você convidou a Isadora pra casa de praia?

Sandra fica séria e pensativa:

Renata – Eu não entendo... porque passar o final de semana com a amante do seu marido?

Sandra fala baixinho:

Sandra – Porque eu queria acabar com ela! Eu fui armada! Eu tavacom tanto ódio dentro de mim, que pensei em meter duas balas na cabeça dela!

Renata fica extremamente surpresa com as palavras de ódio da mãe.

Bruna tnta identificar quem seria a mulher que acompanha Renata:

Bruna – Elas estão tão íntimas. Quem será aquela mulher?

Em Curitiba, Sofia e Amanda estão a frente do computador no escritório da casa, Ao colocar o pen drive, são abertos arquivos em pastas vazias:

Sofia – Aí não tem nada!

Amanda – Peraí... tem sim.

Amanda encontra uma sub-pasta sem sem nome, ao clicar elas se deparam com as fotos de Marcelo e Isadora na cama, elas ficam pasmas:

Sofia – É a Isadora!

Amanda – Nossa que mulherzinha!

Sofia – Minha nossa, mas quando foi isso?  O que está fazendo aqui na nossa casa?

Amanda continua passando foto por foto:

Amanda – Meu Deus, irmã essa mulher é uma ...

Elas chegam a uma foto onde é possível ver o rosto do homem que está com Isadora:

Sofia – Peraí... aproxima no rosto dele!

Amanda dá um zoom na foto:

Sofia – Não é possível!

Amanda – É sim, é ele. É o cara que que sequestrou a dona Sandra no Guarujá!

Sofia começa a chorar:

Sofia – Meu Deus Irmã, então é tudo verdade! Pensa comigo! Lembra que a dona Sandra falou que eles eram cúmplices? A Isadora era amante dele!

Amanda – Será que o papai descubriu na noite em que morreu?

Sofia – Só pode ter sido, ele ficaria louco! A Isadora era tudo pra ele, com certeza teve uma decepção muito grande naquela noite!

Amanda ambém se emociona:

Amanda – Aquela desgraça! Eu vou matar ela!

Sofia – Não, não, agora agente tem uma prova, irmã! Não vai servir pra culpá-la pela morte do nosso Pai, mas vai servir pra provar que ela conhecia o Marcelo, que eles foram cúmplices no sequestro da dona Sandra! A gente podemos colocá-la na cadeia.

Amanda – Sim! mas... o que esse pen drive estava fazendo no guarda roupa do seu quarto?

Sofia fica séria e pensativa:

Amanda – Esse pen drive não é nem meu, nem seu. Será que é mesmo do Gustavo?

Sofia – Não, acho que não.

Rosa surge abrindo a porta do escritório:

Rosa – Com licença, mas eu acho que sim! Eu ouvi tudo o que vocês conversaram agora!

Sofia e Amanda ficam surpresas:

Sofia – Você sabe de alguma coisa, Rosa?

Rosa – Olhe dona Sofia, eu admiro muito vocês duas... AS conheço desde a época em que moravam todos nesta casa. Vocês novinhas, O seu Luigi, a dona Eloisa... Mas eu já iria pedir minhas contas, porque estou com muito medo de trabalhar aqui.

Sofia – Medo? Porque?

Rosa se aproxima mais e nervosa, revela:

Rosa – Porque fui ameaçada.

Amanda – Ameaçada?

Rosa – Sim, pelo seu Gustavo!

Sofia fica em choque:

Sofia – Mas... Como assim? O que... o que aconteceu?

Rosa – Meu deus... Eu vou contar, vou aproveitar que ele saiu, mas depois, eu vou embora daqui!

Amanda – Conta logo Rosa!

Rosa – Eu peguei ele falando com a Isadora ao telefone, lá na área de serviço. Sabe o que ele tava contando pra ela? Que aquela mulher de São Paulo,a Sandra, esteve aqui e contou tudo pra vocês!

Sofia fica ofegante e parece passar mal com a revelação:

Sofia – Ai meu Deus... tem certeza, Rosa?

Rosa – Claro que sim, ele percebeu que estava ouvindo e me ameaçou, disse mataria toda minha família se eu contasse alguma coisa pra vocês, então por favor, pelo amor de Deus, não digam que eu falei..

Amanda – Não Rosa, imagina...

Rosa – De lá pra cá, me arrepio só de vê-lo.

Amanda – Nós acreditamos Rosa, por isso derrubou o prato hoje mais cedo na cozinha ...

Sofia chora:

Sofia – Eu não posso acreditar... ele também é cúmplice, ele sabia de tudo?

Rosa – O que vocês acharam?

Sofia – Um pen drive no nosso guarda roupa. Vem ver as fotos!

Rosa olha a tela do computador e fica chocada:

Rosa – Jesus amado... ela tá com o bandido que eu vi no elevador!

Amanda – Uma cachorra! Sofia, foi ela quem te jogou pro Gustavo, tá lembrada?

Sofia – Sim... com certeza eles já se conheciam.

Sofia enchuga as lágrimas e diz com segurança:

Sofia – Amanda, tira cópi dessas fotos! Ah, e manda tudo pra dona Sandra, vamnos ferrar a prostituta da Isadora! O Gustavo vai ter que me explicar como esse pen drive veio parar aqui!

Rosa – Será que foi ele quem tirou essas fotos?

Em Recife, está na tomando banho de mar com Ernesto, eles se abraças com a água na altura dos ombros:

Isadora – Que espetáculo!

Ernesto – Você que é o espetáculo!

Isadora – Sabe que... quando fui a São Paulo, deprimida, arrasada e sofrendo tanto... não imaginei que poderia voltar a sorrir.

Ernesto – Você não merecia tanto sofrimento...

Isadora – Você ainda ama a Sandra?

Ernesto – Porque vamos falar sobre ela agora?

Isadora – Ah, preciso saber amor...

Ernesto – A Sandra foi muito especial pra mim, mas ficou no passado, infelizmente aconteceu aquilo com ela e... por outro lado, você chegou e ... eu me apaixonei perdidamente.

Isadora – Hum, pra mim foi um pouco difícil aceitar nossa relação, nossa química, afinal a Sandra e eu éramos grandes amigas. Só que não somos capazes de escolher a quem amar, eu simplesmente percebi que te amo e estamos aqui.

Ernesto – Estamos e ficaremos sempre juntos.

Eles se beijam:

Isadora – Quando é a inauguração do novo edifício?

Ernesto – Depois de amanhã!

Isadora –Já?

Ernesto – Sim!

Isadora – Me desculpe, mas não estou muito a fim de olhar pra cara da Renata.

Ernesto – Então simplesmente não olhe.

Isadora – E ela vai ficar no mesmo hotel que nós?

Ernesto – Sim, ela e todos os executivos da construtora.

Isadora fica insatisfeita.

Em São Paulo, Sandra e Renata, continuam a conversa:

Renata – Graças a deus não sujou suas mãos, não valia a pena. Tenho até medo de deixá-la sozinha com meu Pai. Se ela foi capaz de fazer isso com você, ela é capaz de tudo.

Sandra – Você não sabe da maior... Sabe o tal esposo dela, o homem idoso com quem ela vivia em Curitiba?

Renata – Sim, ele faleceu.

Sandra – Pois é, ele morreu por culpa dela.

Renata – O que?

Sandra – Ela me confessou isso dentro do carro, minutos antes do acidente.

Renata – Meu Deus, ela é uma criminosa, temos que colocá-la na cadeia, mãe.

O celular de Sandra emite notificações. Ao conferir, ela vê que são mensagens de Amanda:

Sandra – É a Amanda, ela tá me mandando mensagem.

Renata – Quem é Amanda?

Sandra – É uma das filha do seu Luigi o ex da Isadora.

Renata – Você as conheceu?

Sandra – Sim, cheguei hoje cedo de Curitiba.

Renata fica surpresa:

Renata – O que ela diz?

MENSAGENS:

Amanda: Oi dona Sandra, acabamos de descubrir que o Gustavo, o marido da minha irmã, também é cúmplice da Isadora. Encontramos um pen drive dele cheio de fotos onde ela faz sexo com o Marcelo.

Sandra fica pasma coma notícia:

Renata – O que foi Mãe?

Sandra – Eu não sei nem o que dizer!

As fotos do pen drive começam a chegar no celular de Sandra que ao vizualizá-las, comemora:

Sandra – Olha isso filha! Olha o que elas conseguiram.

Sandra mostra as fotos pra Renata que também demonstra estar surpresa:

Renata – São eles? Juntos?

Sandra – Sim. Isso é prova suficiente pra encriminá-la sobre o sequestro, isso prova que ela estava combinada com o Marcelo!

Bruna se aproxima delas:

Bruna – Oi Renata?

Renata olha pra Bruna, Sandra disfarça:

Renata- Oi Bruna! Desculpa ... essa é... uma colega minha. Júlia!

Bruna – Oi Júlia!

Renata – Júlia essa é a Bruna, ela ... está acompanhando o Eduardo, o colega que falei do acidente.

Sandra – Oi tudo bem? Como ele está?

Renata – Pois é, eu vim vê-lo mas precisei conversar algo muito sério com a Júlia. Ele acordou?

Bruna – Sim! ele está bem... mas, não quer me ver, por conta daquela situação que eu havia te contado.

Renata – Ah sim... eu sinto muito, mas que bom que ele está conciente.

Bruna – Acho que sua presença faria muito bem a ele.

Renata sorri e fica pensativa.

Eduardo está em seu quarto.Ele dorme quando alguém segura sua mão direita. Ao sentir o toque, Eduardo abre os olhos e vê Renata com um sorriso emocionado. Eduardo abre um largo sorriso ao vê-la:

Eduardo – Renata? Você está aqui?

Renata – Sim, sente-se bem?

Eduardo – Sim e agora mais ainda por te ver aqui comigo. Sabe que... eu sonhei com você.

Renata sorri:

Renata – Comigo? Sério?

Eduardo – Sim, você estava lá.

Renata – Onde?

Eduardo – No local do acidente. Você me encorajou a seguir em frente, me disse que o outro Eduardo ficou pra trás e me aconselhou ser alguém diferente.

Renata fica impressionada coincidencia, pois ela sonhou a mesma coisa:

Renata – Nossa! Eduardo, eu sei que isso parece loucura mas... eu sonhei a mesma coisa.

Eduardo fica surpreso:

Eduardo – Jura?

Renata sorri e enche os olhos de lágrimas confirmando:

Renata – Sim!

Eduardo – E, por acaso... no final do sonho...

Neste momento eles falam ao mesmo tempo

Eduardo e Renata: “ Nós nos beijávamos”

Eles ficam encantados com tamanha coincidencia e sorriem se olhando com ternura:

Eduardo – Seria demais pedir que aquele beijo se repetisse a vida real?

Renata emocionada, aproxima seu rosto ao dele, dando-lhe o beijo esperado.



FIM DO EPISÓDIO

TODOS EPISÓDIOS