16

SÉRIES

A ROTINA DE AMAR

1 TEMPORADA

COMPLETO


Após anos, duas mulheres se reencontram, Sandra bem-sucedida e Isadora fracassada. A ambição que Isadora possui, provocará atitudes irreparáveis e a amizade que um dia já foi verdadeira, se tornará um fardo a ser carregado.

Wellyngton Vianna
AUTOR

13. DÉCIMO TERCEIRO EPISÓDIO

SONHO REAL?

Um carro luxuoso, chega ao local do casamento de Isadora e Ernesto, ele para exatamente alinhado com o tapete vermelho estendido sobre a grama. Neste mesmo momento, Ernesto está no altar montado no ambiente a céu aberto, ansioso e aparentemente nervoso. Isadora surge saindo de dentro do tal carro, vestida de noiva e com um sorriso de orelha a orelha, caminha em direção Ernesto, ele sorrindo, beija a mão da noiva:

Ernesto – Você está linda!

Isadora – Ah, amor, você também está magnífico.

Eles se posicionam um ao lado do outro, de frente para o juiz de paz.

Giovanna comenta com Genesis:

Giovanna – Acho que a Renata não vem não, Amor!

Genesis – Faz um tempão que vocês se falaram ao telefone, também acho que não vem.

Enquanto isso, Renata e Eduardo, estão numa cafeteria:

Eduardo – Não tem nenhum lugar importante para ir?

Renata ignora o casamento de Isadora com seu pai:

Renata – Não, nada importante.

Eduardo – É que você... está tão linda que achei que fosse a algum compromisso.

Renata – Obrigada!

Eduardo – Já nos vimos antes né?

Renata – Faz uns meses, em um restaurante no centro.

Eduardo – Sim eu lembro, aliás, que coisa não? Acabamos nos reencontrando.

Eles sorriem:

Renata – Da forma mais bizarra possível!

Eduardo – Pois é, coisa louca!

Renata fica em silêncio. Eles se olham com ternura por alguns instantes, logo Renata tenta findar a conversa:

Renata – Bom, como resolveremos o estrago que causei no seu carro?

Eduardo – Olha, nesse caso, eu não trataria como um estrago. Talvez seja um presente do destino!

Renata, meio constrangida, solta um leve sorriso no canto da boca. Eles continuam se admirando.

Em Curitiba, Sofia, Amanda e Gustavo estão surpresos com as declarações de Sandra a respeito de Isadora, eles estão dentro de casa sentados no sofá ao lado de Sandra:

Sandra – Vocês não imaginam o tamanho da decepção que senti, eu jamais esperei tanta maldade da Isadora!

Sofia – Eu também confesso que estou chocada! Ela sempre demonstrou ser muito gente boa, atenciosa, correta. Meu pai era alucinado por aquela mulher! Ai de quem falasse mal dela pra ele.

Amanda – Eu sempre tive minhas dúvidas, não confiava cem por cento nela.

Gustavo – No geral, ela sempre foi muito legal.

Gustavo – Como nos encontrou?

Sandra – Pelo FACEBOOK da Isadora!

Sandra se emociona:

Sandra – Preciso provar algo contra ela! Ela acabou com a minha vida! Ela tá casando nesse momento com o meu esposo!

Amanda – Nossa!

Sandra mostra no celular, a matéria sobre o casamento:

Sofia – Gente... Olhe dona Sandra! Eu sinto muito, mas... em que podemos ajuda-la?

Sandra – Como o Pai de vocês morreu?

Amanda – Ele teve um ataque fulminante!

Sofia – Ele tinha problemas de coração, não havia tomado o remédio naquele dia.

Sandra – A Isadora que dava o remédio pra ele?

As filhas ficam intrigadas. Sandra insiste:

Sandra – Ele estava sozinho com ela no apartamento, na noite que faleceu?

Gustavo – A senhora está insinuando que...

Sandra o interrompe:

Sandra – Não posso surgir agora para todo mundo. Sabe porque estou aqui? Sabe porque estou contando minha vida, e me mostrando pra vocês?

Todos ficam calados e extremamente intrigados:

Sandra – Porque quero justiça! Aquela mulher que confiei tanto como vocês confiaram ou ainda confiam, é na verdade uma criminosa! Uma bandida! Eu fiquei muito triste e chocada com a frieza. Sabe o que ela me confessou naquela noite do sequestro?

Todos continuam com a atenção focada nas palavras de revolta de Sandra:

Sandra – Que ela provocou a morte do Pai de vocês!

Todos se surpreendem:

Amanda – O que?

Sandra – O senhor Luigi foi uma vítima dela!

Gustavo – Meu Deus!

Sofia – Como assim?

Sandra – algo muito terrível ela deve ter feito, talvez uma emoção muito forte tenha causado o ataque cardíaco. Ela me falou com todas as letras que o cara do carro era parceiro dela e ajudou a dar fim no seu pai!

Sofia questiona com os olhos cheios de lágrimas:

Sofia – Mas, eu nunca vi a Isadora com outras pessoas.

Nesse momento, a empregada Rosa, surge na sala dizendo com convicção:

Rosa – Mas eu já!

Todos olham pra Rosa surpresos.

No casamento de Isadora e Ernesto, eles cumprimentam os convidados mesa por mesa, até que chegam à mesa de Genesis e Giovanna:

Isadora – Olá!

Eles levantam se, e abraçam o casal recém-casado:

Giovanna – Parabéns!

Genesis – Tudo de bom!

Ernesto – Obrigado queridos!

Isadora – Obrigada gente! E esse rapazinho lindo hein? Que grandão!

Isadora pega na pequena mão do bebe Gabriel nos braços de Giovanna:

Ernesto – Está lindo. Giovanna, por acaso você sabe dizer alguma coisa sobre a Renata?

Giovanna – Olhe, faz quase uma hora minutos que falamos por telefone, ela me disse que estava chegando!

Ernesto fica um pouco irritado:

Ernesto – Não acredito que ela vai fazer isso comigo!

Isadora – Não esquenta amor! Já, já ela chega, talvez venha pra não fazer desfeita, mas a vontade mesmo, é de não vir. O que importa agora, é que estamos casados e nada vai nos separar!

Eles sorriem e se beijam. Giovanna e Genesis observam apreensivos.

Rick e Bruna continuam no parque do Ibirapuera, desta vez, deitados numa toalha forrada na grama, próximos a lagoa:

Rick – Sabe, as vezes sinto saudades daquela Bruna assanhada!

Bruna – Quem é essa?

Rick – Ah, não força querida! A outra versão de você né?

Bruna – Estou bem assim.

Rick – Mas eu não! Nunca mais fomos numa boate juntos amiga.

Rick vê um rapaz sem camisa brincando com seu cachorro sentado a alguns metros de onde eles estão:

Rick – Eita amiga! Ó lá! Quem disse que gato e cachorro não se dão bem?

Bruna olha pro rapaz que logo passa a olhar pra eles também:

Bruna – Nossa! Muito lindo mesmo!

Rick – E agora ele tá olhando pra você...

Bruna – Não amigo ...  Menino, acho que ele tá olhando é pra você!

Rick fica em dúvida:

Rick – Ah, me poupe! Estaria bem se uma coisa linda daquela me olhasse...

Logo, o tal rapaz dá uma piscadinha e sorri pra Rick. Bruna se diverte com a situação:

Bruna – Ih! Olha aí ... eu não disse? Arrasou amigo!

Rick parece não acreditar:

Rick – Gente... eu jurava que ele era hétero.

Bruna sorri:

Bruna – Vai lá bobo! O “boy magia” tá dando em cima de você!

Rick – Eu tô bem? Me fala.... Como tá meu cabelo?

Bruna – Tá lindo, vai levanta, vai lá!

Rick levanta e vai em direção ao rapaz que o espera sentado no banco da praça segurando a coleira de seu cachorro. Bruna sorri, feliz pelo amigo. De repente, Paulo Henrique, um outro rapaz de boa aparência, surge próximo a ela:

Paulo Henrique - Oi. Bom dia!

Bruna se assusta:

Bruna – Que susto! Bom dia.

Paulo Henrique - Desculpa!

Eles sorriem:

Bruna – Tudo bem.

Paulo Henrique - Relaxando?

Bruna – É né, dia de hoje é vida mansa pra muita gente.

Paulo Henrique - Tá calor demais!

O rapaz tira a camisa na frente de Bruna, logo, ela fica impressionada como corpo dele:

Bruna – Gente... UH! Nossa... tá mesmo.

Paulo Henrique - Como se chama?

Bruna – Bruna Hoffer!

Paulo Henrique - Prazer Bruna, me chamo Paulo Henrique!

Bruna – O prazer é todo meu!

Enquanto isso, Eduardo se diverte com Renata na cafeteria:

Renata – Sabe pra onde eu estava indo agora?

Eduardo – Onde?

Renata – Pro casamento do meu Pai!

Eduardo – Nossa! Mas... Eu perguntei se estava indo a algum lugar importante e você falou que não.

Renata – Claro. Não é importante.

Renata sorri:

Eduardo – Por quê?

Renata – É uma longa história.

Eduardo – Não é com sua mãe?

Renata fica séria:

Renata – Não!

Eduardo – Hum, que chato, não gosta da noiva?

Renata – Não sei nem definir em que grau de rejeição.

Eduardo – Nossa!

Eles sorriem:

Renata - Quer ir comigo?

Eduardo – O que?

Renata repete a pergunta sorrindo:

Renata – Você quer ir comigo?

Eduardo responde também com sorriso no rosto:

Eduardo – Mas... eu nem fui convidado.

Renata – Olha, minha madrasta está louca pra me ver deprimida lá sabe, mas... se você for, ela vai ficar decepcionada. Por favor, me ajuda a pregar essa peça nela?

Eduardo – Não sei. Isso não é loucura?

Eles sorriem. Já no casamento, Renata e Eduardo chegam ao local do casamento cada um em seu carro. Eles saem do carro, e seguem direção a entrada, Renata avisa ao segurança:

Renata – Ele tá comigo!

Renata e Eduardo entram na festa de mãos dadas e sorrindo. Eles sentam-se na mesa de Giovanna que está sozinha:

Renata – Oi!

Giovanna – Oi amiga, sua louca! Onde estava?

Renata – Ah, depois te conto. Olha... esse aqui é o Eduardo. Eduardo, essa é a minha melhor amiga, a Giovanna, trabalhamos juntas na construtora do meu pai.

Giovanna – Tudo bem?

Eduardo – Tudo ótimo! Prazer!

Renata – Cadê o Gênesis?

Giovanna – Ah, o “Gabrielzinho” estava chorando, ele foi tentar acalmar ele por ali, na brisa.

Renata – Oh meu Deus...

Isadora vê de longe, Renata sentada a mesa junto com Giovanna e Eduardo:

Isadora – Olha lá amor! Sua filha chegou e nem ao menos nos cumprimentou.

Ernesto – Quem é aquele rapaz?

Isadora – Hum vai saber, sua filha além de problemática é cheia de mistérios! Tá lá feliz da vida.

Ernesto – Vou falar com ela!

Isadora impede:

Isadora – Não amor! Ela é a filha! Sua filha! A obrigação é dela de vir te cumprimentar, por favor não me cometa esse vexame!

Ernesto fica apreensivo. Renata vê o Pai:

Renata – Só um minutinho gente!

Renata levanta e vai em direção ao pai, ao chegar perto o abraça:

Renata – Oi pai! Desculpe a demora! Eu bati o carro.

Ernesto – O que? Está tudo bem?

Renata – Tá sim!

Isadora com ironia, resmunga:

Isadora – Hum, Sei.

Renata – Quer me ferver o sangue? Tem certeza? Logo no seu casamento golpista? Olha... me erra querida!

Ernesto – Renata! Por favor.

Renata continua se dirigindo a Isadora:

Renata – Não é segredo pra ninguém que eu não aprovo isso aqui, Mas ele é meu pai! Respeito amo. Não posso dizer o mesmo sobre você.

Isadora – Trouxe um convidado extra? Quem é aquele?

Renata – Isso não te interessa meu amor... vai tentando descobrir.

Isadora – Não quero convidados furões no meu casamento.

Renata – A pista é logo ali... é só deitar e aguardar.

Renata sai de perto de Isadora, sorrindo e fazendo sinal pra banda que toca:

Renata – Vamos lá pessoal! Vamos animar isso aqui. Que festa é essa? Vamos, música!

Isadora fica visivelmente irritada:

Isadora – Essa sua filha é o cúmulo! Que mulherzinha irritante!

Ernesto – Calma! Não sei por que ainda fica assim com a personalidade dela!

Isadora – Nunca vou me acostumar! Você dá um jeito hein, dá um jeito de aquietar essa...

Ernesto – Ei .... Não precisa ofender, ela ainda minha filha, não quero você falando assim dela.

Isadora olha nos olhos de Ernesto com ódio.

Em Curitiba, todos ouvem, Rosa:

Rosa – Naquela época, eu trabalhava no apartamento do seu Luigi. A Isadora nunca me tratou mal não, sabe? Mas naquele dia, ela estava muito estranha. Me pediu deixar o jantar pronto mais cedo, eu até gostei, porque iria largar mais cedo. Durante o dia, antes do seu Luigi chegar, eu lembro ela que recebeu muitas ligações, foi o dia inteiro com o celular na mão! Ela nem quis almoçar...

Um flashback mostra Isadora no apartamento de Luigi horas antes dele chegar. Ela parece estar ansiosa com os olhos fixos no Smartphone. Rosa sai da cozinha:

Rosa – Dona Isadora! Não vai almoçar?

Isadora – Não, agora não querida. Tô sem fome, coloca na geladeira, depois eu esquento tá? Obrigada!

Rosa volta pra cozinha, ainda no caminho, é chamada por Isadora:

Isadora – Rosa!

Rosa volta :

Rosa – Sim!

Isadora – O que você vai fazer pro jantar?

Rosa – Não sei, o que a senhora deseja?

Isadora – Ah, eu estou na dieta, você sabe né? Estou indo super bem, não quero estragar e além do mais, o Luigi não pode comer comida pesada! Então... faz uma coisinha leve .... Tipo... uma salada. Uma coisa rápida! Pelo menos você sai mais cedo né?

Rosa – Está certo dona Isadora! Vou caprichar!

Rosa segue em direção à cozinha, animada.

Rosa voltado flashback:

Sandra – Você viu ela com um homem naquele dia? Esse Homem?

Pelo celular, Sandra mostra a foto de Marcelo divulgada pela polícia na matéria da internet, sobre o sequestro. Rosa olha com atenção, pega o celular em suas mãos e vê mais de perto.

Rosa – Meu Deus! No outro dia...

Em mais um flashback, Rosa lembra de quando recebeu a notícia da morte de Luigi:

Rosa – Oh dona Isadora... eu fiquei tão sentida com isso agora. O problema do seu Luigi era muito sério, como é que ele foi esquecer do remédio meu pai amado?

Isadora – Pois é Rosa, eu tive todo o cuidado de colocá-los na pasta, você sabe que ele as vezes esquece de levar, mas dessa vez, mesmo levando, ele esqueceu de tomar. Eu não sei o que vai ser de mim agora.

Rosa – A senhora vai embora?

Isadora – Talvez sim. Eu... me desculpe Rosa, você é ótima, mas... não vou poder continuar com você.

Rosa – Vai me demitir senhora?

Isadora – infelizmente, não tenho outra opção.

Rosa – Mas dona Isadora... eu sei que isso foi uma tragédia, eu adorava o seu Luigi, mas eu não posso ficar sem trabalhar não. A senhora não tem nenhuma amiga que queira me contratar?

Isadora – Não querida, eu sinto muito! Você pode ver se a filha do Luigi, a Sofia, pode fazer alguma coisa. Aliás, ela que vai tratar de pagar sua demissão.

Rosa – Está certo dona Isadora! Eu... agradeço por tudo e.... peço que deus conforte seu coração e das meninas, filhas do seu Luigi viu.

Isadora – Obrigada Rosa. Amanhã você passa na casa da Sofia ela, já está ciente de acertar as contas com você.

Rosa – Está certo. Tchau.

Isadora faz sinal de tchau com a mão direita sorrindo e Rosa vai embora.

Rosa caminha pelo triste pelo corredor do andar até chegar em frente ao elevador. Quando o elevador abre, dele sai Marcelo:

Marcelo – Bom dia!

Rosa – Mais ou menos moço!

Marcelo segue caminho no corredor e Rosa entra no elevador.

Rosa volta do flashback e todos estão chocados ao confirmarem a ligação de Isadora com Marcelo:

Sandra – Estão vendo? Eu falei pra vocês eles são criminosos. Eles armaram pro seu Luigi e armaram pra mim!

Amanda e Sofia ficam em choque.



FIM DO EPISÓDIO

TODOS EPISÓDIOS